AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

"Os Dez Mandamentos" estreia em cinemas de Argentina, Uruguai e Bolívia



Pouco mais de um ano depois de chegar aos cinemas brasileiros, o filme "Os Dez Mandamentos", baseado na novela homônima da Record, faz sua estreia internacional em três países da América do Sul. A produção bíblica estreará na Argentina no dia 23 fevereiro, no Uruguai dia 2 de março e Bolívia dia 6 de abril. Em espanhol, o nome do filme será "Moisés y los Diez Mandamientos".

Segundo a Record, 120 mil ingressos já foram vendidos na Argentina a mais de uma semana da estreia. Vale lembrar da polêmica na época da estreia do filme no Brasil, quando a reportagem do UOL flagrou salas com lugares vagos em sessões com bilhetes esgotados. 

Exibida pelo canal Telefe na Argentina no ano passado, a novela rendeu recordes de audiência com a cena da primeira praga do Egito. Os argentinos também se reuniram para assistir à abertura do Mar Vermelho.

Os protagonistas da trama, os atores Guilherme Winter (Moisés) e Giselle Itié (Zípora), além do ator Sidney Sampaio (Josué), viajam para a Argentina para participar de uma festa de lançamento do filme na próxima terça-feira (21). Depois eles seguem para o Uruguai, onde uma festa será realizada na quinta-feira (23).

Com 11,3 milhões de ingressos vendidos, "Os Dez Mandamentos" é o filme nacional que mais levou espectadores ao cinema. Em renda acumulada, no entanto, a saga bíblica perdeu a liderança recentemente para "Minha Mãe É uma Peça 2".

A comédia com Paulo Gustavo soma, até o momento, R$ 119,4 milhões. A versão para o cinema da novela da Record arrecadou R$ 116,8 milhões.

Polêmica com ingressos

No Brasil, "Os Dez Mandamentos" recebeu um "empurrão" da Igreja Universal do Reino de Deus (ou IURD), cujos bispos e pastores controlam a Rede Record, responsável pela produção da novela transformada em filme.

Além de incentivar a compra de entradas nos cultos, a igreja distribuiu ingressos aos fiéis, segundo relataram espectadores ao UOL na época do lançamento no Brasil. Outros afirmaram ter comprado os tíquetes nas sedes por R$ 11 —na bilheteria dos cinemas, a entrada custa em média R$ 23 (inteira).

Os três países que receberão o filme têm sedes da Igreja Universal do Reino de Deus. São 269 na Argentina, 52 no Uruguai e 33 na Bolívia.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores