AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

Miss Bumbum processa candidata em 30 mil dólares após confusão na final

A organização do Miss Bumbum Brasil entrou com um processo judicial contra a candidata Aline Uva por se envolver em uma confusão e roubar a faixa da vencedora, Ellen Santana, na final concurso, em 2018.


Com o processo do Miss Bumbum, a candidata Aline, que representou o Rio Grande do Sul, está sendo multada em 30 mil dólares e em cinco dias deve devolver a faixa, o que Aline nega a fazer amigavelmente.

Na última edição da competição, a modelo Ellen Santana foi consagrada campeã do concurso representando o estado de Rondônia, mas na hora de receber a faixa do título de melhor bumbum de 2018,  Aline invadiu o palco afirmando que tudo era uma farsa: 'Eu cumpri todas as regras do jogo. O meu bumbum é verdadeiro, mas a bunda dela é de plástico', disparou ela. O organizador do concurso afirmou que esse tipo de atrito faz parte: 'Faz parte do concurso . Não podia deixar de ter um drama não é?', explicou.

Final da Miss Bumbum repercute na imprensa internacional

Na época da confusão, muitos sites internacionais como TMZ, The Sun, Daily Mail repercutiram o episódio. Hoje em dia, outros jornais internacionais continuam relatando o caso e divulgaram com exclusividade a informação do processo contra Aline.

O site New York Post destacou que a candidata está sendo multada após atacar e afirmar que Santana usa “implantes no bumbum”, o que é ilegal no concurso. Já o site The Sun declarou que o episódio foi um “cabo-de-guerra”. A candidata do Aline Uva continua se chamando nas redes sociais como Miss Bumbum e se recusa a entregar a faixa de Ellen Santana após um mês da final do concurso.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores