AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

MEC divulga resultado da primeira chamada do Prouni

 
Programa oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior; veja a primeira chamada do Prouni

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta segunda-feira (2), o resultado do Programa Universidade para Todos (Prouni 2018). A lista com o nome dos candidatos aprovados já está disponível para consulta no site do programa. Essa é a pré-seleção da primeira chamada do Prouni.

Segundo o MEC, essa pré-seleção assegura aos candidato apenas a expectativa de direito à bolsa. Porém, os candidatos que forem listados na primeira chamada do Prouni precisam comparecer às instituições indicadas na seleção para apresentar seus documentos e, assim, confirmar suas inscrições. 

O candidato deve verificar, na instituição que escolheu, os horários e o local de comparecimento para levar seus documentos e confirmar as suas informações. É importante reforçar que a perda do prazo ou a não comprovação dessas informações implicará, automaticamente, na reprovação do estudantes, mesmo que pré-selecionado.

Segundo o calendário do Prouni, o prazo para a aferição desses dados é o dia 10 de julho. Porém, os estudantes já podem ir às instituições a partir de hoje. A lista com a documentação necessária pode ser consultada na página do Prouni.

Ainda de acordo com o calendário, o resultado da segunda chamada será divulgado no dia 16 de julho. Além disso, aqueles que não foram selecionados poderão ainda participar, nos dias 30 e 31, da lista de espera, cujo resultado será divulgado no dia 2 de agosto.

Primeira chamada do Prouni dá direito a dois tipos de bolsas

O programa federal oferece dois tipos de bolsas de estudo: a integral ou a parcial, que é de 50%. O candidato que estiver interessado na bolsa integral deve ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. Esses termos não são negociáveis.

Já as bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Aliás, quem conseguir uma bolsa parcial e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O Prouni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. As bolsas são para o segundo semestre.

O programa deste semestre é voltado àqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, alcançaram no mínimo 450 pontos e tiraram nota superior a zero na redação.

Também só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada, na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa disponibilizada pelo programa.

A divulgação da primeira chamada do Prouni foi feita pela tarde desta segunda-feira.

* Com informações da Agência Brasil.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores