AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

McDonald's demite presidente executivo por se relacionar com uma funcionária

O McDonald's anunciou neste domingo que Steve Easterbrook, presidente executivo da rede, foi demitido do cargo, depois de se envolver emocionalmente com uma funcionária, o que viola a política da rede de fast-food.


Em comunicado, segundo o New York Times, a empresa disse que o conselho da empresa considerou que Easterbrook 'demonstrou pouco discernimento'.

'Eu me envolvi em um relacionamento consensual recente com uma funcionária, o que viola a política do McDonald's', escreveu Easterbrook, que se tornou presidente executivo em março de 2015, em um e-mail para os funcionários do McDonald's. “Isso foi um erro. Dados os valores da empresa, concordo com o conselho que é hora de seguir em frente'.


Easterbrook recebeu o crédito por ter mudado o McDonald's em sua gestão, depois de, em 2015, a rede ter apresentado um dos piores desempenhos financeiros em anos. Ele enfatizou a inovação tecnológica, firmando acordos de entrega de alimentos com os aplicativos como Uber Eats e DoorDash e adquirindo empresas menores especializadas em aprendizado de máquina e inteligência artificial.

Ele será susbtituído por Chris Kempczinski, que atua como presidente do McDonald's Estados Unidos.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores