AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

Dolph Lundgren diz que fazia orgias de até 5 pessoas com a cantora Grace Jones

Aos 60 anos, Dolph Lundgren, que ficou conhecido por viver o russo Ivan Drago em “Rocky 4”, contou que participava de orgias de até cinco pessoas com Grace Jones na época em que era namorado da cantora. As informações foram publicadas em uma entrevista ao The Sun.

“Aquilo acontecia em ocasiões, com ou sem a Grace. Às vezes ela levava uma namorada para casa e depois eu tinha que levantar para o trabalho no dia seguinte e esse tipo de coisa... Eu diria que na maioria das vezes foram quatro ou cinco garotas”, afirmou Dolph Lundgren sobre o relacionamento nos anos 1980.

O ator que conheceu Grace Jones quando ela o contratou como guarda-costas, ainda acrescentou: “Era ótimo na teoria, mas quando você precisa se levantar e lutar com o Sylvester Stallone pela manhã, não é algo tão bom”, destacando a época que gravava 'Rocky 4'.

Na época, a modelo estava em turnê na Austrália, onde ele estava trabalhando como segurança enquanto fazia seu mestrado na Universidade de Sydney. Depois de Grace ter terminado sua turnê, ele deveria ir para Boston, mas decidiu ir junto com a namorada para Nova York.

Foi lá que ele se matriculou na escola de atuação, e começou a trabalhar como modelo e ainda como segurança durante a noite. 'Foi uma aventura, foi uma ruptura total com meu passado, meus pais e sua classe média alta e com a vida acadêmica na Suécia', explicou o ator.

Dolph Lundgren fala sobre drogas

Na entrevista, o ator também disse que na época as drogas eram muito comuns nos lugares que frequentava. “Naquela época, todos em seu círculo faziam drogas pesadas... cocaína, crack e fumar maconha”.

O astro também revelou que não se enturmava com o cenário por não conhecer sobre os entorpecentes. “Eu não sabia nada sobre drogas, estava treinando na época. Isso foi antes das drogas serem uma ameaça à sociedade, eram apenas pessoas ricas que estavam se divertindo no Studio 54”.

Dolph Lundgren ainda ressaltou que as drogas eram comuns e que as pessoas usavam tranquilamente em lugares públicos. “Eles não estavam roubando carros e matando pessoas para ninguém se importar. Você poderia fazer drogas abertamente em um restaurante em Nova York nos anos 80 e ninguém diria nada, nem mesmo os garçons”.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores