AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

Conta de energia elétrica pode subir até 3,86%, aprova Agência Nacional

Foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na última terça-feira, dia 17, um novo aumento na receita anual de 69 geradores de energia. Isso deve te rum impacto de até 3,86% na conta do consumidor final. Na média, o número ficará em 1,54%, podendo variar.
O impacto na conta de luz depende da data do reajuste aprovado pela Aneel e da quantidade de cotas (volume de energia) que cada distribuidora compra das hidrelétricas. O volume de cotas de cada distribuidora representa, em média, 22,64% dos contratos de energia das concessões.
A remuneração total recebida pelas usinas, de julho de 2018 a junho de 2019, será de R$ 7,944 bilhões. O regime de cotas foi implantado por meio da Medida Provisória nº 579, de 2012, com renovação automática das concessões de usinas hidrelétricas.
Para isso, as hidrelétricas tiveram que vender energia às distribuidoras por um preço fixo, determinado pela Aneel, ao contrário de firmarem preços conforme o mercado e as realidades das instituições.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores