AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

Com 19 anos, suspeito de matar conselheiro do Bonde dos 13 é preso no bairro Rosalinda

Os Policiais Militares do 2°Batalhão prenderam no final da tarde desta sexta-feira (8), Anderson da Rocha Santos, de 19 anos. Ele é um dos suspeitos de ter executado com três tiros o conselheiro da facção Bonde do 13, Leoneldo Rodrigues da Silva, vulgo “Canjerê”, e ter ferido um outro homem com um tiro nas costas, em frente um bar na rua Ayrton Senna, no bairro Belo Jardim 2, em Rio Branco.

A Polícia estava em ocorrência no conjunto Rosa Linda quando soube do homicídio. As autoridades receberam as características dos acusados e conseguiram chegar até Anderson que estava com uma motocicleta roubada, a mesma usada nos crimes contra as vítimas no Belo Jardim. O comparsa de Anderson conseguiu fugir.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e o acusado foi conduzido a Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Entenda o caso

“Canjerê” estava em casa, onde funciona um bar, quando saiu para pegar um molho caseiro com um amigo que estava em um carro na frente da residência. Dois homens não identificados em uma motocicleta se aproximaram e o garupa de posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros contra as vítimas. Leoneldo foi atingido com três tiros, um na cabeça e dois no peito. Já seu amigo foi baleado com um projétil nas costas. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e ao chegar no local nada pôde fazer por “Canjerê” que já se encontrava morto. A outra vítima ferida foi conduzida por terceiros a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 2°distrito) em seguida encaminhado pelo Samu ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores