AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

Casa própria mais barata: Caixa corta juros do financiamento imobiliário

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta terça-feira (8), corte de até 1 ponto percentual  nos juros do financiamento imobiliário. Com isso, a taxa mínima para quem é cliente do banco cairá de 8,5% ao ano para 7,5% ao ano mais a Taxa Referencial (TR). A máxima baixará de 9,75% ao ano para  9,50% ao ano, mais a TR.

A medida entrará em vigor na próxima segunda-feira (11) e valerá para novos contratos. Serão beneficiados contratos enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação (SFH), com recursos da poupança para imóveis até R$ 1,5 milhão, e no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) - dentro do modelo tradicional, corrigido pela TR, atualmente zerada.

A menor tarifa valem para linhas de crédito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), voltado para os financiamentos de imóveis de menor valor e tem parte das unidades financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e para o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), destinado a imóveis mais caros, sem cobertura do FGTS.

Em agosto, o banco lançou uma nova modalidade indexada à inflação. Por ela, a taxa mínima é de 2,95% ao ano e a máxima, de 4,95%, mais o índice de preços. Sendo assim, as linhas de financiamento que usam a inflação para correção não se enquadram nas novas taxas.

A Caixa é a terceira instituição financeira que diminui as taxas do financiamento habitacional em menos de um mês. Antes, o Itaú cortou de 8,1% mais TR a taxa de juros mínima para a casa própria para 7,45% mais TR. O Bradesco fez a mesma coisa, saindo de 8,20% para 7,30%.


  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores